127 anos da Abolição da Escravidão

Há 127 anos no dia 13 de Maio de 1888, foi sancionada a Lei Áurea, a lei que acabou com a escravidão no Brasil. Apesar de uma vitória significativa, a lei não se importou em integrar esses homens livres a sociedade, não havia empregos ou terras para que eles pudessem sobreviver, muitos foram para as cidades e morreram por conta da fome e de doenças. Outros por não ter outra escolha ficaram com seus ‘senhores’ até o fim.
A escravidão deixou marcas irreparáveis, não existe uma forma de contabilizar a quantidade de seres humanos mortos em porões de navios, mulheres estupradas e dilaceradas por homens que as consideravam menos que nada, crianças mortas apenas por serem negras, nada apaga essa vergonha mundial, não existe desculpas para essa infâmia, não existe dinheiro no mundo que pague uma só dessas vidas que foram escravizadas.

Primeira foto do trabalho no interior de uma mina de ouro, 1888, Minas Gerais. (Marc Ferrez/Acervo Instituto Moreira Salles).

Depois disso foram dezenas de conflitos, guerras, leis absurdas de segregação e o nazismo, porém a  escravidão foi a pior de todas as tragédias que a humanidade já viveu.
Esse passado vergonhoso renderia página e mais páginas do meu blog, poderia falar de tantos episódios de ódio, morte, vergonha e tristeza para o povo negro, mas isso só me traria choro e mais choro. Prefiro me lembrar de homens e mulheres, que não aceitavam essa situação vergonhosa, eles lutaram e fizeram a diferença, sem eles, talvez hoje eu não estivesse aqui escrevendo neste blog. Sou agradecida a cada um desses seres humanos escravizados que resistiram e hoje não me deixam esquecer que a luta continua todos os dias por todos e para todos que têm a pele negra.

Foto em destaque Quitandeiras em rua do Rio de Janeiro, 1875 (Marc Ferrez/Acervo Instituto Moreira Salles).

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.

}
Scroll Up